Aqui, partilho afectos.
E escrevo o que penso, do que gosto, do que me inspira.


quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

O Jardin des Tuileries

O Jardin des Tuileries foi criado no séc. XVI por ordem de Catarina de Médicis, para decorar o Palácio das Tuileries. Mais tarde tornou-se num jardim de estilo tradicional francês, formal e simétrico, ao ser desenhado por Le Nôtre no séc. XVII (autor do projecto dos jardins que rodeiam o Palácio de Versailles), tornando-se na época num jardim muito popular. O seu majestuoso passeio central extende-se totalmente a direito desde os canteiros de flores junto ao Arco do Triunfo até à Place de la Concorde, onde há um lago octogonal rodeado de várias estátuas, e flanqueado por esplanadas. No lado oposto do passeio existem estátuas alegóricas. Desde a Terrasse de Bord de L’Eau, na margem do rio Sena, pode contemplar-se uma bonita vista, com o Museu do Louvre ao fundo. O Musée de L’Orangerie e o Jeu de Paume, sedes de importantes exposições de arte contemporânea, ficam em dois pavilhões situados dentro do jardim. Desde 1991 é considerado património mundial pela UNESCO.


Sem comentários:

Enviar um comentário