Aqui, partilho afectos.
E escrevo o que penso, do que gosto, do que me inspira.


sexta-feira, 2 de março de 2012

“Farei o possível para não amar demais as pessoas, sobretudo por causa das pessoas. Às vezes o amor que se dá pesa, quase como uma responsabilidade na pessoa que o recebe. Eu tenho essa tendência geral para exagerar, e resolvi tentar não exigir dos outros senão o mínimo. É uma forma de paz...”

Clarice Lispector
Pintura de Renoir – Bouquet de Fleurs

Sem comentários:

Enviar um comentário