Aqui, partilho afectos.
E escrevo o que penso, do que gosto, do que me inspira.


terça-feira, 20 de março de 2012

Trago dentro do meu coração,
Como num cofre que se não pode fechar de cheio,
Todos os lugares onde estive,
Todos os portos a que cheguei,
Todas as paisagens que vi através de janelas ou vigias,
Ou de tombadilhos, sonhando,
E tudo isso, que é tanto, é pouco para o que eu quero.
(…)

António Gedeão
Pintura de Jacqueline Penney

Sem comentários:

Enviar um comentário