Aqui, partilho afectos.
E escrevo o que penso, do que gosto, do que me inspira.


segunda-feira, 2 de abril de 2012

Elegância

A elegância não se explica. Constata-se apenas. É alguma coisa de incoercível. Alguma coisa de impreciso, de fugitivo e de imaterial, que escapa a toda a definição e que resiste a toda a análise. Como a beleza, é mais difícil dizer onde está, do que onde não está. Como o perfume, sente-se e não se vê.
Todos percebem onde a elegância falta, e ninguém sabe dizer de onde ela vem. Quando tentamos defini-la, precisá-la, isolá-la, foge-nos entre os dedos, como uma sombra. Onde existe transforma tudo. Onde não existe, não há arte, não há talento, não há beleza que a substitua. Não é um dom que se adquire, é um instinto com que se nasce.

Julio Dantas
Pintura de Vladimir Volegov

4 comentários:

  1. A elegância é uma delicadeza natural.

    Beijos.

    ResponderEliminar
  2. Sem dúvida! Obrigada pela sua visita e comentário. Beijinho.

    ResponderEliminar
  3. Bonjour !
    Un petite visite dans votre petit domaine.
    Eh oui je le fait en francais ! c'est votre soeur, qui m'a dis, que vous parliez francais ! ah ah ah
    Tout en vous remerciant de votre fidelité a mon egard.
    Mais je tiens, en cette semaine pascale, vous souhaitez de merveilleuses fetes de Paques.
    attention aux chocolats pour ne pas etre malade.
    Bonne Journée
    Amicalement
    Chris

    deux photos de Paques
    http://nsm05.casimages.com/img/2012/04/02/1204020717531250289664783.jpg
    http://nsm05.casimages.com/img/2012/04/02/1204020717541250289664784.jpg

    ResponderEliminar
  4. Bonsoir, Chris
    Quelle plaisir de vous recevoir "chez moi"... merci de votre visite et, oui, je parle français et j'adore la France, et surtout Paris, une ville que j'ai toujours dans mon coeur.
    Moi aussi je vous souhait une Bonne Pâques.
    Avec amitié
    Lita

    ResponderEliminar