Aqui, partilho afectos.
E escrevo o que penso, do que gosto, do que me inspira.


quinta-feira, 5 de abril de 2012

Os Ovos de Páscoa de Fabergé

A tradição dos ovos de Fabergé começou em 1885, quando o Czar Alexander III, da Rússia, procurou o mais famoso joalheiro da corte, Peter Carl Fabergé, e encomendou um ovo de páscoa para dar de presente à Czarina Marie Feodorovna. No ano seguinte fez a mesma coisa e assim continuou fazendo até à sua morte. Desse modo formou-se a fabulosa colecção de 56 ovos de Páscoa, famosa no mundo inteiro.
Fabergé era a mais importante joalheria existente na Rússia ao final do século XIX e início do século XX. Era a essa joalheria, que levava o nome do seu dono e principal artista, que os Czares russos encomendavam a confecção de ovos de páscoa para serem oferecidos por ocasião da festa.
Eram jóias muito sofisticadas e de enorme valor, feitas em ouro, diamantes e pedras preciosas, aludindo aos tradicionais ovos de páscoa. Eram feitas com grande capricho, procurando superar-se em cada ano.
Cada jóia levava um ano inteiro a ser preparada, desde o desenho original, o corte, a lapidação das pedras e todos os detalhes, envolvendo diversos artistas, sempre com a supervisão e aprovação final de Fabergé.
O último dos ovos foi feito em 1917, data da revolução russa.
(foto da net)

Sem comentários:

Enviar um comentário