Aqui, partilho afectos.
E escrevo o que penso, do que gosto, do que me inspira.


domingo, 18 de novembro de 2012


Todos sabemos que não somos eternos... mas passamos a vida a adiar...
Amanhã faço... amanhã digo... amanhã vou...
Mas virá um dia em que não haverá amanhã,
e as palavras e os sentimentos vão acabar por morrer dentro de nós,
e afinal é tão fácil dizer: GOSTO DE TI.

Pintura de Alex Lashkevich

7 comentários:

  1. Deixamos tanto por dizer!...

    Já diz o provérbio:

    "Não deixes para amanhã o que podes fazer hoje".

    Beijos.

    ResponderEliminar
  2. Verdade o que está escrito!
    O hoje é o mais importante!
    Te desejo uma ótima semana e paz no coração!
    Beijos
    CamomilaRosa

    ResponderEliminar

  3. ...e não deixaremos os nossos seres queridos em dúvida quanto aos nossos sentimentos...
    E eu já te disse que te gosto muito, amiga?

    Bjsssssss,
    Leninha

    ResponderEliminar
  4. Minha querida Lita,

    Não deixarei para amanhã, te direi hoje:
    Te gosto muito, amiga.
    Bjssssss,
    Leninha

    ResponderEliminar


  5. Te envío en alas de las nubes la brisa y la esencia de esta mañana, que nos envuelve en sus hojas con surcos de melodías, para endulzar las razones del pensamiento.

    Un abrazo breve pero sentido
    para iniciar la semana
    con afectos presenciados.

    Atte.
    María Del Carmen



    ResponderEliminar
  6. Olá!
    Achei interessante pela variedade de temas e pela forma simples como aborda temas tão profundos. Adiar é um acto falhado. Eu falhei em determinado momento da vida e hoje estou imensamente arrependida.
    Um abraço.
    Maria Emília

    ResponderEliminar