Aqui, partilho afectos.
E escrevo o que penso, do que gosto, do que me inspira.


terça-feira, 25 de setembro de 2012



Eu adoro todas as coisas
E o meu coração é um albergue aberto toda a noite.
Tenho pela vida um interesse ávido
Que busca compreendê-la, sentindo-a muito.
Amo tudo, animo tudo, empresto humanidade a tudo,
Aos homens e às pedras, às almas e às máquinas,
Para aumentar com isso a minha personalidade.
Pertenço a tudo para pertencer cada vez mais a mim próprio,
E a minha ambição era trazer o universo ao colo
Como uma criança a quem a ama beija.
Eu amo todas as coisas, umas mais do que as outras,
Não nenhuma mais do que outra, mas sempre mais as que estou vendo
Do que as que vi ou verei.
Nada para mim é tão belo como o movimento e as sensações.
A vida é uma grande feira e tudo são barracas e saltimbancos.
Penso nisto, enterneço-me mas não sossego nunca.

 
Álvaro de Campos
Pintura de Lucia Sarto
 

 

sábado, 22 de setembro de 2012

Chegou o Outono


 
Chegou o Outono... e a maior qualidade do Outono é a de não ser óbvio. Aparece quando ainda está bom tempo, e chega de mansinho, delicado, com nuances, entrelinhas e pequenas revoluções, como um ar mais fresquinho e um amanhecer mais preguiçoso. E o céu... quase igual ao céu de verão, mas um pouco mais claro, matizado pelas nuvens. Hoje, abri a janela para admirar o céu de Outono... e achei lindo.

Pintura de José Requena Nozal

quinta-feira, 20 de setembro de 2012

Para uma Irmã muito Especial





A minha irmã, é alguém muito especial. Juntas, partilhamos as alegrias, as lágrimas, os risos, os segredos, e foi sempre assim, à medida que crescemos. E essas memórias ficarão connosco para toda a vida.
Hoje, é o dia do nosso aniversário, e celebramos juntas as recordações partilhadas, o amor, a amizade.
Para mim, neste dia tão especial, sinto-me feliz por poder dizer que a minha irmã é alguém muito especial, uma pessoa maravilhosa, que ilumina a minha vida desde que nasceu, por simplesmente estar nela. Alguém que me faz rir até não poder mais parar. Alguém que me faz acreditar que realmente o mundo é bom. Alguém que me convence que na minha vida existe uma porta destrancada à espera que eu a abra. Quando estou em baixo e o mundo parece vazio e escuro, a minha irmã puxa-me para cima e faz com que o mundo fique claro, cheio de luz e alegria. Isso é uma amizade pra sempre. A minha irmã ajuda-me nas horas difíceis, tristes e confusas, segura a minha mão e diz que vai ficar tudo bem. A minha irmã é a minha melhor amiga. Adoro-a!
A minha irmã é pra sempre, e pra sempre não tem fim…

Pintura de Vladimir Volegov

Hoje é um Dia muito Especial



No meu caminho, já encontrei inúmeras pessoas. Muitas passaram pela minha vida.
Algumas deixaram marcas inesquecíveis de amor, carinho, sentimentos, desejos, outras deixaram marcas de amizade, ternura, cumplicidade. Também encontrei  aquelas que deixaram cicatrizes profundas de decepção, mágoa, tristeza. Mas a isso chamo aprendizagem, e sei que faz parte da minha evolução, do meu crescimento espiritual…
Por onde passei , dei sempre o meu melhor e tentei deixar rastos de amor, carinho, amizade, sinceridade, luz…
Hoje é um dia muito especial para mim, é o dia do meu 52º aniversário. Hoje eu só quero espalhar alegria, alimentar os meus sonhos e ser feliz. Como alguém já disse: “A vida não tem que ser perfeita para ser maravilhosa. Viver plenamente é aceitar cada minuto como um milagre irrepetível.”
Hoje é o meu Dia! Sorrio à vida, e celebro-me…

Pintura de Vladimir Gusev



quarta-feira, 19 de setembro de 2012

O tempo



A vida é o dever que nós trouxemos para fazer em casa. 
Quando se vê, já são seis horas! Quando se vê, já é sexta-feira! Quando se vê, já é natal... 
Quando se vê, já terminou o ano... Quando se vê perdemos o amor da nossa vida. 
Quando se vê passaram 50 anos! Agora é tarde demais para ser reprovado... 
Se me fosse dado um dia, outra oportunidade, eu nem olhava o relógio. Seguiria sempre em frente e iria jogando pelo caminho a casca dourada e inútil das horas. Seguraria o amor que está a minha frente e diria que eu o amo... 
E tem mais: não deixe de fazer algo de que gosta devido à falta de tempo. Não deixe de ter pessoas ao seu lado por puro medo de ser feliz. A única falta que terá será a desse tempo que, infelizmente, nunca mais voltará.

Mário Quintana
Pintura de Andrei Belichenko

terça-feira, 18 de setembro de 2012

Le Château de Saint-Germain-en-Laye


O château de Saint-Germain-en-Laye é a antiga residência dos reis de França e foi local de assinatura de muitos tratados de paz e de editais reais.
Situado no centro de Saint-Germain-en-Laye nas Yvelines, fica a 20 Km de Paris e abriga actualmente o Museu de Arquelogia Nacional (le Musée d'Archéologie nationale).
A histórica cidade de Saint-Germain-en-Laye situa-se à volta do castelo real, que foi na sua época, o preferido de Louis XIV.
Foi François I quem mandou construir o actual Château Vieux e conservou a capela de Saint-Louis e a torre de homenagem do séc. XIV, que hoje coroa um campanário.
Mais tarde Le Nôtre desenhou os jardins e la Grande Terrasse, com mais de 2.400 m de comprimento, obra-prima de perspectiva, que oferece uma vista panorâmica excepcional sobre todo o vale do rio Seine.
Durante muitos anos Saint Germain foi a residência do Rei-Sol, e naquela época construíram-se muitas mansões particulares para os membros da sua Corte. Quando o Rei Louis XIV foi viver para Versailles, em 1682, o castelo ficou abandonado, e foi Napoléon III que o reformou e o converteu no Museu Nacional de Arqueologia. O museu reúne colecções arqueológicas que ilustram a vida de França, desde os primeiros tempos até à idade média.
 



Mantenha o seu rosto voltado para o sol e não conseguirá ver a sua sombra…

Helen Keller
Pintura de Dima Dmitriev

segunda-feira, 17 de setembro de 2012

Urgentemente

É urgente o amor.
É urgente um barco no mar.
É urgente destruir certas palavras,
Ódio, solidão e crueldade,
Alguns lamentos,
Muitas espadas.
É urgente inventar alegria,
Multiplicar os beijos, as searas,
É urgente descobrir rosas e rios
E manhãs claras.
Cai o silêncio nos ombros e a luz
Impura, até doer.
É urgente o amor,
É urgente permanecer.

Eugénio de Andrade
Pintura de Rosanne Pomerleau

sexta-feira, 14 de setembro de 2012

A esperança...


A esperança! Só a esperança, nada mais...
Chega-se a um ponto, em que não há mais nada senão ela...
É então que descobrimos que ainda temos tudo.

J. Saramago
Pintura de Alexander Avarin

segunda-feira, 10 de setembro de 2012


O segredo da vida consiste, simplesmente, em aceitá-la tal como é...

Pintura de Vladimir Volegov
 

"A dedicação dá aos nossos sonhos as mãos para se erguerem e a força para voarem."

George Herbert
Pintura de Robert Hagan

domingo, 9 de setembro de 2012

Debauve & Gallais - Chocolaterie de luxo em Paris

 
Debauve & Gallais foram dois farmáceuticos que, no início do séc. XIX,  passaram a vender chocolate como produto terapeutico para a tosse, indigestão e outras doenças. Criaram também o chocolate com leite para as mulheres, crianças e pessoas de constituição frágil, como revigorante digestivo. Sulpice Debauve foi o criador de uma mistura especial, dando origem ao Thérébrome, o primeiro chocolate frio da história do chocolate.
A loja, fundada em 1800, foi fornecedora dos reis de França e continua a vender chocolates de altíssima qualidade (nos seus produtos encontramos pouquíssimo açúcar e nenhum corante ou conservante alimentar).
Debauve & Gallais
30, Rue des Saints-Pères – Paris
 
 
 
 
 

sábado, 8 de setembro de 2012

Nada no horizonte

 
Nada no horizonte
a não ser eu, e sou montanha
olhando outro horizonte
onde de novo estou
e sou floresta.
Não há festa
como nascer nascente
e vir cantando
rolando seixos na corrente.
Seja o meu corpo vale,
o meu coração pedra,
o meu sangue regato,
os meus cabelos vento,
e em paz existo, mas
não penso,
dispenso
sendo
o pensamento.

Rosa Lobato de Faria
                                                               Pintura de Andrei Markin


segunda-feira, 3 de setembro de 2012



Quem possui a faculdade de ver a beleza, não envelhece…

Franz Kafka
Pintura de Peter Motz