Aqui, partilho afectos.
E escrevo o que penso, do que gosto, do que me inspira.


sexta-feira, 11 de janeiro de 2013

Homenagem à minha avó



Há alguns dias que não vinha ao meu Blog. A tristeza e a dor em que tenho estado mergulhada não me deixaram. Quando estamos tristes, quando sofremos, é como se o coração se partisse em mil pedaços e se apartasse do nosso corpo ao mesmo tempo, deixando-nos sem ar, sem força para viver, sem nada...
A minha avó faleceu, vítima de um AVC. Tinha quase 96 anos, e era uma pessoa encantadora e bem com a vida. Mas, acima de tudo, era a minha parte mais doce, amiga, carinhosa e ternurenta. Sei que chegar aos 52 anos de idade com avó, é, nos dias de hoje um enorme privilégio. E é assim que me tenho sentido: uma privilegiada. Durante toda a minha vida sempre tive todo o seu carinho e amor. A minha avó dava sempre tudo a todos, sem pedir nada em troca. Dava, nunca pedia. Mas eu dei… dei um amor incondicional, carinho, atenção, o melhor de mim. A minha avó deixou-me o seu exemplo de dedicação, compreensão, honestidade, paciência, fé, firmeza, e principalmente de muito amor à família. Um legado maravilhoso de uma pessoa única.
A minha avó era a pessoa mais especial da minha vida e deixou as melhores lembranças no meu coração, para todo o sempre. 
Obrigada por tudo, avó! 

Pintura de Garmash

12 comentários:

  1. Lamento imenso Lita. Apesar da dor no coração, guarda tudo o que é bom. Ela estará em paz, certamente. Beijinho.

    ResponderEliminar
  2. Deixo-te aqui o meu abraço apertadinho.

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  3. Coragem, amiga. Sei que é muito triste, muito doloroso, muito sofrido.
    Conserve a doce recordação de uma pessoa única.
    Beijo da Nina

    ResponderEliminar
  4. Não há como colmatar o vazio.
    Mas quem tiver o privilégio, o dom de poder apoiar-se nos mistérios do Para Além de, ainda sobra a esperança de "Um dia".
    Lindos os sentimentos que ela deixou escritos em si.
    Eis o maior tesouro que deixou:saudade e memórias.
    A paz dela é a sua paz.
    Grande abraço de comunhão

    ResponderEliminar
  5. Sinto muito pela perda...
    Sinta meu abraço e meu carinho!!!

    ResponderEliminar
  6. Querida, lamento muito. Entendo sua dor.

    Dia 08 de dezembro perdi (ou melhor, partiu) minha querida tia Cristina. Não era tia de sangue. Mas foi nossa, tia, mae e avó. Ela tinha 89 anos e muito presente. Muito.

    Por isso, sei que sentirá saudades.

    Um dia, esta saudade que faz voce hoje chorar, vai transformar em sorriso. Sao as lembranças. As doces. Todas doces.

    Bjs

    ResponderEliminar



  7. ¡Feliz fin de semana!

    bajo la incipiente mirada

    de la luna enamorada

    de los riscos tornasolados de la alborada...

    Atte.
    María Del Carmen



    ResponderEliminar
  8. A dor da perda é muito grande, entendo pois perdi meus pais e hoje a dor foi embora, às vezes volta, e só ficou a saudade..essa é eterna. Viva seu luto..faz parte, depois perceberá que a tristeza irá diminuir, dando lugar às boas lembranças..e sim, você é uma privilegiada de ter tido sua avó durante tanto tempo com você. Abraços. Sandra

    ResponderEliminar
  9. A perda de um familiar é sempre terrivel. Seguramente a sua avozinha estará num sítio maravilhoso.
    Força. Um beijinho

    ResponderEliminar
  10. Que lindo Amiga!!!

    E que privilegio mesmo!!!

    Eu perdi aninha quando tinha 22 anos...

    Foi a melhor avó do mundo!!!!

    Linda sua homenagem, lindas palavras!!!

    Com certeza ela esta muito feliz com essa demonstração de amor!!!

    Beijos e fique bem!!!

    Sei que não é fácil, mas fique por favor.

    ResponderEliminar
  11. Tenho certeza que a melhor herança que ela deixou para você e sua família, foi a generosidade e a felicidade.
    Sei bem como vocês se sente nesse momento, pois a minha vó me deixou a 5 anos atrás, também com 96 anos, e hoje as boas e lindas lembranças dela me motiva a seguir em frente, mais as vezes me pego nostálgica e chorando devido a saudade, nesse momento lembro do seu cabelinho branco, do seu sorriso límpido, e do seu cheirinho, então me acalmo e me sinto previlégiada por ter tido ela em minha vida...

    Amiga que seu coração logo pare de sangrar de saudade e seja preenchido com esse amor que irá te acompanhar pelo resto de sua vida.
    Beijinhos suaves.
    Lua

    ResponderEliminar
  12. Sem mais palavras, desnecessárias: Uma lindíssima homenagem!

    ResponderEliminar