Aqui, partilho afectos.
E escrevo o que penso, do que gosto, do que me inspira.


domingo, 24 de março de 2013

Domingo de Ramos

 
Hoje é Domingo de Ramos, a festa litúrgica que celebra a entrada de Jesus na cidade de Jerusalém. É também a abertura Solene da Semana Santa.
Segundo os Evangelhos, Jesus foi a Jerusalém para celebrar a Páscoa Judaica com os discípulos. Entrou na cidade como um Rei, sentado num jumentinho, simbolo de humildade, e foi aclamado pela população como o Messias, o Rei de Israel. Todos O aclamavam e colocavam ramos de palmeira no chão para Jesus passar. Isto aconteceu alguns dias antes da sua Paixão, Morte e Ressurreição.
No Domingo de Ramos é comum os fiéis levarem consigo ramos de oliveira ou palmeira adornados com flores, para serem abençoados pelo sacerdote durante a missa.
Nos meus tempos de criança havia sempre disputa para ver quem levava o ramo mais bonito à Igreja, por isso passávamos horas a enfeitar os ramos com alecrim, lírios, rosas, camélias, oliveira, e grandes laços de fita.
A minha avó contava que antigamente estes ramos benzidos, serviam para, em dias de trovoada, queimar um pouco acompanhado por uma oração, pedindo que a trovoada fosse para longe (a minha avó tinha muito receio de trovoadas).

4 comentários:

  1. Tenho saudades dos antigos Domingos de Ramos.... Vou ver se consigo o meu raminho bento! beijos,chica

    ResponderEliminar
  2. Gosto das crenças populares, embora goste de trovoada.

    Nasci há muitos anos , num Domingo de Ramos.

    Hoje , faço anos litúrgicos.

    Beijinhos.

    ResponderEliminar


  3. Cuando tuve sed llame a tu puerta y me has dado de beber,
    Cuando el camino se hizo penoso me has tendido la mano,
    Cuando las lágrimas corrían por mis mejillas me las has secado,
    Cuando el corazón lo asolaba la tristeza le regalaste una sonrisa,
    Cuando la soledad me acompañaba fuiste mi luz y guía,
    Cuando, cuando...

    Ser tu amigo hace posible que la vida tenga otro sentido
    y otras dimensiones...

    Un muy feliz comienzo de semana, esta que es tan especial.

    Atte.
    María Del Carmen




    ResponderEliminar
  4. Olá!
    Fomos a Santa Missa, como fazemos todos os domingos e ganhamos um Ramo bento.
    E sigo a tradição dos meus avós e pais e em dia de chuva feia com trovoadas que não tem fim, queimo um raminho e tudo se acalma rapidinho.
    Um beijo em seu coração e parabéns pelo lindo texto.

    ResponderEliminar